Pular para o conteúdo
Início » Notícias » Argentina sofre com aumento dos preços na cerveja

Argentina sofre com aumento dos preços na cerveja

Nos primeiros dias da primavera, quando os consumidores de cerveja apreciam com mais frequência a bebida fresca, diferentes marcas estão tendo aumento em suas vendas.

“Nas gôndolas, houve aumento de 5% e ainda haverá outro aumento de 10%”, alega Jorge Grasso, dono de uma rede de supermercados com 54 lojas.

Em setembro, a inflação na Argentina foi de 2,9%, enquanto os itens de alimentação obtiveram um aumento 3,2% maior que no mês anterior. Em agosto já havia uma queda no consumo, em todo o
país, de 6,7%, segundo a consultoria Focus Market.

Existem supermercados locais da Argentina onde, por exemplo, o maior aumento no preço da cerveja ocorreu há um mês, com um salto que chegou a 30%. Um dos sócios da empresa explicou o aumento, ele ocorreu porque o produto, comparado a outros produtos considerados essenciais não tinham aumento nos preços.

“Foi passado vários meses, desde fevereiro passado, e aí agora, com os dias de calor e a aproximação do verão, as pessoas começaram a beber mais e os valores foram reajustados”, disse e adiantou: “Acreditamos que quando estivermos mais próximos das festas, vai se ajustar mais um pouco” .

Junto com o último aumento, segundo o mesmo supermercado, o consumo de cerveja caiu. “Além do preço, depende muito da temperatura e não tem estado muito quente. Assim que isso mudar, o consumo
com certeza voltará a crescer “, concluiu.

A cerveja artesanal também sofre com alta nos preços

No setor, as variações dos preços se devem a múltiplos fatores. o cervejeiro Fernando López relata: “quem utiliza mais insumos importados sofre com o aumento do dólar”. E à medida que aumentou nas últimas semanas, a cerveja também aumentou.

Além disso, disse López, também devemos levar em conta a inflação em geral, que afeta a todos. “E um conjunto de coisas: os funcionários de uma cervejaria têm que viver, os empresários também. Aumente tudo e depois a cerveja também.

Como referência, um litro de cerveja artesanal adquirido na fábrica (modalidade que se estabeleceu após a pandemia) custa em torno de 260 pesos, enquanto se a compra for em lojas (intermediárias) o mesmo valor da bebida sobe a partir de 300 pesos..

Fonte: Jornal El Dia de La Plata

Deixe um comentário