Pular para o conteúdo
Início » Notícias » Entenda, Homebrew é um hobby!

Entenda, Homebrew é um hobby!

No texto aqui comentei sobre um projeto de lei na cidade do Rio de Janeiro e o termo que chamou a minha atenção principal foi o conceito de “cervejeiro caseiro profissional”, ou seja, um cervejeiro caseiro que possa vender sua cerveja em sua casa.

Algumas perguntas foram levantadas sobre esse conceito. Então resolvi abrir mais essa discussão para o campo das ideias e conceitos e partir daí uma opinião a respeito. Pode ser? Então vamos lá.

Hombrew o que é?

Homebrew é o ato de fazer cerveja em casa. Pessoas entusiastas da cerveja, amantes que usam como hobby a produção de cerveja em sua casa.

Esse movimento acontece desde que mundo é mundo (lembra que as mulheres eram grande produtoras de cerveja e faziam em casa?), mas foi nas últimas décadas que esse movimento criou um corpo maior e tomou conta criando força e inclusive formando associações como as Acervas (associações de cervejeiros caseiros).

Imagine se um universo de possibilidades abrisse diante dos seus olhos, onde pessoas poderiam desenvolver qualquer tipo de receita de cerveja em casa. Ali num espaço de sua casa, a criatividade não teria limites. Poderiam produzir dezenas de receitas de diversas partes do mundo na sua casa.

Daí por diante o resto é o resto, as pessoas com interesse em comum começaram a se reunir, trocar cervejas, receitas, ideias, montar confrarias, enfim o movimento cervejeiro se organizava em torno dos homebrewers.

Do Caseiro para o profissional

Temos que entender uma coisa muito importante nisso tudo. Esse movimento só aconteceu por conta da busca de novos sabores e aromas, pessoas cansadas das cervejas em massa que nos enquadravam num gosto comum, padrão e departamental.

Logo alguns acharam isso legal e pensaram: Vou montar uma cervejaria! Se fosse resumir o movimento das cervejas artesanais seria basicamente assim. E foi.

“Caseiro é caseiro”

A arte de fazer cerveja em casa é algo prazeroso, algo divertido, se você não está gostando do que faz, então está fazendo errado ou simplesmente não é para você isso, e tá tudo bem.

Fazer cerveja em casa e querer se tornar profissional é natural, normal até diria, mas para isso precisa de vários níveis de investimento, quer seja em cursos, quer seja em uma planta para montar uma fábrica ou brewpub.

Produzir em casa e vender não é só irregular é imoral. Vivemos num país continental e assolado em várias escalas de corrupção. O tal “jeitinho brasileiro” é uma desculpa para dar jeito no que legalmente ou moralmente não se consegue, então arruma-se uma desculpa para se fazer determinada ação. As desculpas de altas cargas tributárias, burocracias só servem para isso: desculpas.

O jeitinho brasileiro é uma forma de corroborar para que nosso perfil de políticos corruptos existam e sigam fazendo o que fazem na política nacional. O que fazemos de forma imoral nada mais é que uma forma corruptiva de “se dar bem”.

Existem leis, e se não existe, existem parlamentares para isso, organizações sociais para que se criem condições de criar leis que favoreçam pequenas e médias empresas. É só procurar e se organizar. É fácil? Não, mas dá um prazer danado fazer parte de algo e construir algo ao invés de ficar fazendo gambiarras moralmente duvidosas.

Homebrew é hobby!

Entenda que, Homebrew é hobby, fazer cerveja em casa é um prazer, é diversão, é reunir pessoas, ou não, mas não é comércio, não é negócio. Se você começou a fazer cerveja em casa com esse propósito (negócios), esqueça.

Se divirta, passe perrengue, crie receitas, invente o seu jeito, enfim, torne o seu momento de diversão algo legal para se fazer e não pense em ganhar nada além de uma boa cerveja. É o que se espera.

Gostou? Pensou em fazer disso seu negócio? Monte um plano de negócios, converse com quem está no meio há mais tempo, troque ideias e principalmente saia do quintal de casa, monte uma fábrica, pequena, pode ser, mas separe o que é negócio e o que é diversão, mesmo que sua diversão seja seu negócio.

Deixe um comentário