Pular para o conteúdo
Início » Notícias » Harmonizando com o estilo Belgian Blond Ale

Harmonizando com o estilo Belgian Blond Ale

A Bélgica é um país que carrega uma tradição valiosíssima em produzir cervejas diferenciadas e com ingredientes inusitados como a Belgian Blond Ale. Os cervejeiros belgas investem pesado em cervejas complexas e marcantes, seja na potência do álcool, no uso de especiarias, que oferece toques condimentados marcantes, ou até mesmo na  união desses dois elementos, quando o resultado é sempre uma cerveja espetacular e que pede para darmos outro gole.

A Belgian Blond Ale é um estilo muito comum na Bélgica e Holanda que é considerado “jovem”, isso se você compará-lo com outros estilos da Escola Belga, visto que ele tem menos de 100 anos e a tradição cervejeira belga tem raízes desde a Idade Média, período em que as cervejas eram consideradas o sustento da família e sua produção era feita em casa.

Diretrizes da harmonização

Harmonizar bebida e comida é um quesito muito importante, pois conforme você vai ingerindo o alimento e degustando a cerveja, a identificação dos ingredientes de ambos surge com mais facilidade e você passa a entender o porquê daquela combinação ter fluindo tão bem, independente de qual dessas diretrizes seguir: semelhança ou contraste.

  1. Contraste: aqui a intenção é ter características opostas, mas que ainda assim irão combinar de alguma forma. Uma cerveja mais amarga harmoniza com doce, e assim o elemento de um reduz o excesso do outro.  
  2. Semelhança: é a união dos sabores de alguma forma, seja no alimento por completo ou na cerveja. Entenda as características de ambos, por exemplo: um prato doce ou um prato cítrico com cervejas que possuem os mesmos elementos da comida.

Harmonizando na prática

Para este estilo, vale a pena apostar em pratos leves e com sabores e aromas delicados. Confira abaixo algumas possibilidades para se inspirar e, claro, praticar, que é o mais delicioso!

  • Queijo Brie com damasco seco: isso mesmo, juntos e servidos como aperitivos, o queijo é levemente salgado, já o damasco e a cerveja possuem dulçor, então essa harmonização se dá por contraste.
  • Frango assado com especiarias e batata: as especiarias realçam ainda mais o sabor da cerveja devido ao condimentado presente nelas. E esse é o segredo, pois elas realçam os sabores herbáceos da cerveja, já o caramelo do malte encaixa muito bem com a pele dourada e crocante do frango e as batatas assadas. 
  • Panetone com frutas secas e cristalizadas: essa harmonização é uma clássica para o Natal e aqui temos a semelhança como diretriz de harmonização, isso porque algumas das frutas do panetone, como damasco, laranja e pêssego, unem-se com as frutas amarelas que também estão presentes na cerveja, além do sabor adocicado do malte.

Deixe um comentário