Pular para o conteúdo
Início » Notícias » Cruls lança 2ª Edição do seu eBook com as receitas da marca

Cruls lança 2ª Edição do seu eBook com as receitas da marca

A Cruls Cervejaria, disponibilizou a segunda edição do e-book de receitas da marca. Nesta versão, o livro digital foi atualizado com três novas receitas, tendo sido uma delas decidida por voto popular. O e-book pode ser baixado de forma gratuita no site da cervejaria por este link.

Ao todo, o e-book tem oito receitas disponíveis: APA, Blond, Puro Malte, Red IPA e Weiss, que já constavam na primeira edição; American IPA, Hop Lager e CXP03 American Imperial Stout, novas receitas incluídas no documento, com esta última tendo sido escolhida pelo público por meio de votação. Todas as receitas foram parametrizadas para produções de 20 litros, litragem que costuma ser mais difundida na cena cervejeira caseira.

No documento, constam informações como descritivo sensorial da cerveja, informações técnicas, perfil de água, maltes, lúpulos e levedura utilizados, regime de mostura e de fermentação, além de uma seção chamada Dica do Cervejeiro, com orientações específicas acerca de cada uma das oito receitas disponibilizadas.

Produção Cruls Cervejaria

Ao comentar a revelação de receitas de cervejas da Cruls, Marcos de Paula, gerente de inovação e qualidade da cervejaria, defende que não deve existir uma barreira entre a cena cervejeira comercial e a caseira.

“Não existe isso de ‘segredo industrial’, sabe? Não temos receio de abrir nossas receitas e compartilhar nossa experiência. A maioria das nossas cervejas é validada por meio de competições cervejeiras e abrir essa porta pode ser um estímulo interessante para melhorias de processos e outros tipos de insights. A cena caseira é muito diversa, com muitas pessoas de níveis técnicos diferentes, com ideias diferentes, então acredito que todo fomento a troca de conhecimento é válida. Não temos nenhum segredo aqui.”

Marcos de Paula, gerente de inovação da Cruls

Pedro Capozzi, gerente de operações e sócio fundador da Cruls, concorda com Marcos e declara que o crescimento do mercado precisa se dar de forma coletiva, com os mais diversos segmentos do setor colaborando com um crescimento mútuo.

“Acredito que a cena caseira tem uma importância fundamental para o nosso meio, principalmente naquilo que diz respeito à difusão da cultura cervejeira. Muita gente do meio comercial da cerveja nasceu como caseiro. A própria Cruls, por exemplo, veio da cena caseira. Dito isso, acho que é uma excelente oportunidade de troca de conhecimento e, se ainda fosse caseiro, com certeza me aventuraria a fazer alguma das receitas para comparar com as cervejas da Cruls, que são locais, premiadas, não pasteurizadas, etc. Me parece um ótimo exercício.”

afirma Pedro Capozzi

Deixe um comentário