Pular para o conteúdo
Início » Notícias » Cruls lança nova cerveja para sua série Cosmos

Cruls lança nova cerveja para sua série Cosmos

A Cruls Cervejaria, do Distrito Federal, lançou nesta quarta-feira (17/8) a cerveja Éter, quinto rótulo da Cosmos, linha inteiramente dedicada ao universo das India Pale Ale (IPAs).

Trata-se de uma cerveja do estilo American IPA cujo rótulo conta com ilustrações da artista visual Juliana Lama.

A série Cosmos é inspirada no ofício de astrônomo de Louis Ferdinand Cruls, líder da Missão Cruls, referência para criação da cervejaria. Éter, na mitologia grega, é a personificação de um céu sem limites, ar puro respirado pelos deuses do Olimpo. Na física, já se acreditou que Éter seria a matéria própria do universo, que preencheria todo o espaço no qual planetas, satélites, estrelas e afins estariam imersos.

Cruls Éter

Na receita, a Éter recebeu cargas de lúpulos americanos e neozelandês de lotes únicos e/ou exclusivos: Citra, Hort 4337 (Nectaron), Chinook e Meridian.

Marcos de Paula, gerente de inovação e qualidade da cervejaria, explica que a Éter é uma American IPA moderna, aliando aromas explosivos com amargor assertivo, mas bem equilibrado, e final seco.

“Sensorialmente, temos nossa primeira cerveja da série com protagonismo do lúpulo Citra. Mas não estamos falando de qualquer Citra: usamos um lote exclusivo, super potente. Além disso, contamos com o Hort 4337, também chamado de Nectaron, com o Chinook e com o Meridian. Este último, para as chamadas notas de topo, que agregam em complexidade. Então temos uma gama muito ampla de frutas amarelas, brancas, cítricas com um toque de berries”

comenta Marcos de Paula

Ao ser questionado sobre o processo criativo em torno de uma mesma categoria de cervejas, Marcos esclarece que as diversas vertentes do universo das IPAs e o acesso às mais variadas matérias primas tornam as possibilidades de criação infinitas.

“Com toda essa diversidade de lúpulos disponíveis, mais as infinitas possibilidades dentro do mundo das IPAs, o desafio de criar acaba sendo bastante divertido: saber extrair o melhor de cada lúpulo e explorar todo esse universo a fim de ter performances mais acertadas em cada subestilo dessa categoria”

afirma Marcos

Novo ciclo de artes na Cosmos: Juliana Lama

As artes dos rótulos das cervejas da série Cosmos são elaboradas por artistas do Distrito Federal. Depois de contar com os trabalhos de Taiom e Gê Lima, cada um com duas ilustrações – Origem e Elipse, Gênese e Vórtex, respectivamente – chegou a vez de Juliana Lama assumir o terceiro ciclo de artes da linha.

Juliana, é graduada em Desenho Industrial pela Universidade de Brasília e mestranda em Artes Visuais da Universidade Federal da Bahia. Nascida no Distrito Federal, filha de pai amazonense e mãe paulista, produziu as ilustrações para a série com tinta acrílica sobre papel. No ano de 2018, foi vencedora do prêmio Transborda Brasília em arte contemporânea com o trabalho “Enquanto houver muros”. Em seu trabalho, é possível ver atuações com lambe-lambe, pinturas, histórias em quadrinho,
processos alternativos em fotografia, com temáticas que vão desde revoltas latino-americanas, questões de gênero, mobilidade urbana e ancestralidade.

“Estava em Manaus quando produzi as artes da Cosmos. Lembro de ganhar um comentário bonito de um tio que, intrigado, observava o processo e disse: ‘olha, que bom que na sua cabeça dá pra enxergar mais pra frente!’

afirma Juliana

Acho que isso dialoga com o processo de criação da imagem. Enxergar ‘mais para frente’ é o que olhar para o cosmos provoca. É ultrapassar a dimensão do tangível e saber que é tão material quanto a gente”, conta.

A Cosmos Éter está disponível desde quarta-feira (17/8) no site da Cruls e no Boteco, bar oficial da cervejaria, localizado na Asa Norte, Brasília/DF.

Deixe um comentário