Pular para o conteúdo
Início » Notícias » Qual a quantidade permitida para ser considerada cerveja sem glúten?

Qual a quantidade permitida para ser considerada cerveja sem glúten?

As pessoas apreciam a cerveja há séculos como a terceira bebida mais popular do mundo, logo atrás da água e do chá. Para fazer uma bebida tradicional, você precisa de quatro ingredientes principais: cevada, lúpulo, água e fermento. Hoje em dia, os cervejeiros também fazem cervejas de trigo da moda.

Infelizmente, como a maioria dos grãos, tanto a cevada quanto o trigo contém glúten que não é seguro para pacientes com doença celíaca. Se você é um deles, deve procurar uma bebida alternativa sem glúten feita com arroz, milho ou sorgo. Vamos descobrir se a cerveja é sem glúten e como escolher a que mais combina com você.

O que é glúten?

O glúten é uma proteína representada em grãos, como cevada, trigo e centeio. Pessoas que sofrem de uma condição autoimune, doença celíaca, são suscetíveis ao glúten e reagem à sua presença em alimentos e bebidas.

Tenha em mente que não é o mesmo que a intolerância ao glúten que causa desconforto a curto prazo sem danos a longo prazo ao corpo do paciente.

Quantidade de glúten na cerveja

Quando se trata de cerveja, a bebida padrão sempre contém ingredientes com glúten. Quatro grãos usados ​​para fabricação de cerveja contêm cepas de proteínas únicas que afetam os celíacos:

  •     A cevada contém a proteína hordeína;
  •     O trigo contém a proteína gliadina;
  •     O centeio contém a proteína secalina;
  •     A aveia contém avenina, uma proteína semelhante ao glúten.

Os testes comerciais disponíveis hoje em dia só conseguem detectar a gliadina, enquanto outros ficam ocultos e podem causar consequências indesejadas.

Portanto fique atento, pois a maioria das cervejas disponíveis hoje no mercado contém diferentes níveis de glúten, por exemplo:

Lager (as mais comuns): 63 ppm;

Stout (malte torrado): 361 ppm;

Cerveja de trigo: 25.920 ppm;

Cerveja sem glúten: 0 a 20 ppm

Você precisa estar ciente disso se for intolerante ao glúten ou tiver um distúrbio celíaco.

Cerveja sem glúten

Apenas cervejarias que focam 100% na produção de cervejas sem glúten podem produzir este tipo de bebida. O crucial é que o glúten nunca entra na linha de produção, a receita original não inclui glúten e o produto final não contém ingredientes como o trigo, com certeza.

É necessário usar apenas ingredientes sem esse composto, como milheto, sorgo, quinoa e trigo sarraceno, para obter uma cerveja sem glúten. Somente a bebida feita dessa forma é uma opção segura para pacientes com doença celíaca.

Esteja ciente de que o uso desses ingredientes incomuns resulta em sabores de cerveja sem glúten diferentes e incomuns.

Como os celíacos não podem usar produtos com mais de 20 ppm (partes por milhão) de glúten, essa cerveja é segura para quase todos eles. No entanto, é vital testar cada lote de cerveja sem glúten e verificar se atende a esse requisito. Quando todos os testes estiverem concluídos, a cervejaria pode rotular as garrafas de cerveja como um produto sem glúten.

Infelizmente, não há muitas cervejarias que produzem nada além de cerveja sem glúten. Existe um risco potencial de contaminação cruzada quando o fabricante fabrica cerveja normal e sem glúten na mesma linha.

Resumo

Ultimamente a procura por cerveja sem glúten é excepcionalmente alta porque cada vez mais pessoas são sensíveis a esse ingrediente ou sofrem de doença celíaca. Muitos cervejeiros artesanais empreendedores têm olhado para esse outro lado da cerveja e estão aos poucos produzindo cervejas sem glúten.

No entanto, você deve sempre verificar o rótulo antes de comprar uma garrafa/lata e caso consiga verifique também se a cervejaria é adepta a esse procedimento.

Dica extra: confira mais uma matéria relacionada ao glúten e a cerveja (Cerveja sem glúten é boa? Vale o investimento?)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.