Pular para o conteúdo
Início » Notícias » Você já pensou na validade da sua cerveja?

Você já pensou na validade da sua cerveja?

Já se deparou com uma cerveja na geladeira ou em sua prateleira, mas não se lembra de quando a comprou? Nem todas as cervejas têm datas de validade na garrafa ou lata, então é um risco abri-la?

A maioria das cervejas é melhor consumida fresca. Exceto por algumas cervejas azedas ou escuras, as cervejarias vendem as cervejas do jeito que querem que você a consuma. Beber a maioria das cervejas dentro de 3 a 6 meses é o ideal. Mais do que isso a cerveja pode ter seus sabores alterados, porém se for uma cerveja de guarda, quanto mais tempo envelhecendo, melhor.

Vamos detalhar o que você precisa saber sobre o armazenamento de cerveja, quanto tempo dura e o que observar se achar que é ruim.

No Brasil a legislação obriga que a cerveja tenha uma data de vencimento, enquanto na maioria dos países a data é definida pelo “best before”, ou seja, melhor se consumida até determinada data. Nem toda cerveja estraga, alguns estilos de cervejas evoluem com o tempo dentro das garrafas e latas, mas não todos.

Quanto tempo dura a cerveja?

A maioria das cervejas é melhor consumida no dia em que sai da cervejaria. A cerveja fresca é um verdadeiro espetáculo, cheia de aroma e sabor. Porém, há muitas exceções.

Cervejas mais fortes, como Imperial Stout, Porter, Barley Wine, têm uma vida útil mais longa. De fato, muitas dessas cervejas realmente se beneficiam da idade, adquirindo sabores mais ricos. Cervejas azedas e selvagens também desenvolverão novos sabores interessantes com a idade. Essas cervejas evoluem com o tempo por causa da mistura de leveduras e bactérias.

À medida que a cerveja envelhece, certos componentes dos sabores mudam e evoluem com o tempo. O oxigênio reage com compostos do malte, levedura e lúpulo para acentuar certos sabores. Outros componentes de sabor diminuem com o tempo. Geralmente, o amargor diminui com o tempo. Os sabores doces e parecidos com xerez aumentarão à medida que a cerveja envelhece.

O envelhecimento da cerveja requer temperaturas frias e estáveis ​​em uma área sem luz. Como o envelhecimento do vinho, existem muitas complexidades e variáveis.

Para a maioria das cervejas, quanto tempo dura depende de como foi envasada e como será o cuidado com o armazenamento.

Opções de envase

  • Garrafa: manter as garrafas de cerveja longe da luz evita o desenvolvimento de sabores estranhos de skunk. A cerveja é extremamente sensível à luz. Os compostos de lúpulo são fotossensíveis e, quando expostos à luz, serão “atingidos pela luz”. Isso é o que causa o sabor desagradável do skunk.
  • Lata: as latas oferecem a melhor proteção contra oxigênio e luz. O design de uma lata tem espaço mínimo entre a tampa e a cerveja, ajudando a reduzir a quantidade de oxigênio no interior. No topo da geometria, as latas oferecem 100% de proteção contra a luz.
  • Barril: A cerveja em barril deve ser sempre armazenada fria. Se você possui um bar e armazena seus barris quentes, não se surpreenda se você se deparar com cervejas de baixa qualidade. De um modo geral, os barris não pasteurizados começarão a perder a qualidade após 45 a 60 dias. Para barris pasteurizados, o prazo de validade é um pouco maior, de 90 a 120 dias.
  • Growlers: muitos bares e cervejarias enchem growlers diretamente de suas torneiras para que você possa desfrutar de cerveja fresca no conforto de sua casa. Esta cerveja é para ser bebida fresca. A menos que uma máquina de envase específica seja usada, a cerveja é exposta a muito oxigênio quando é envasada. Isso causa uma rápida degradação do sabor da cerveja. É aconselhável beber um growler dentro de 36 horas após o enchimento.

Mesmo após a data de vencimento algumas cervejas podem ser consumida

A maioria das cervejas tem a data de validade indicada na lata, garrafa ou caixa. Aqui no Brasil é exigido por lei que as cervejarias listem uma expiração em suas bebidas. Esta é uma data em que os cervejeiros recomendam que seu produto seja consumido. Sempre verifiquem a data de validade, mas não façam um julgamento final sobre as cervejas antes de despejá-las no copo.

Para estilos de cerveja clara, uma cerveja vencida parecerá mais escura. Os efeitos oxidativos no malte e no lúpulo darão um sabor de papelão velho. Para cervejas muito lupuladas, como IPA e American Pale Ale, a oxidação pode ter um efeito rápido e óbvio na cerveja. A velha cerveja lupulada terá perdido quase todo o sabor do lúpulo e ficará com uma cor acastanhada.

Essas cervejas são seguras para beber, mas não terão o sabor ou a aparência que a cervejaria pretendia. A menos que seja uma cerveja seja deliberadamente ácida, como as Lambics, pois possuem gosto azedo ou que remetem ao vinagre e esta é uma característica típica de cervejas azedas.

Se a cerveja perdeu toda a carbonatação, isso é sinal de uma vedação ruim na lata ou garrafa. Neste caso, descarte a cerveja, pois o selo hermético foi rompido.

A cerveja é sempre boa quando está fresca. Isso não significa que você precisa beber todas as garrafas ou latas que comprou em uma semana. Armazenada corretamente, a cerveja dura muito tempo. É sempre divertido experimentar cervejas envelhecidas também.

Se você seguir as orientações acima, você deve sempre ter uma geladeira cheia de cerveja saborosa e fresca.

Deixe um comentário